segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Complexo Ford não registra acidente de trabalho

O Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari investiga a subnotificação de acidentes no Complexo Ford. O caso veio à tona após a denúncia de um acidente não registrado que aconteceu na área da Montagem Final, no dia 14 de agosto deste ano, quando um trabalhador sofreu problemas na coluna. Ele precisou de atendimento médico de emergência para sair do veículo que dirigia, fazendo seu trabalho. Depois, foi transferido para clínica externa, onde permaneceu internado.

Por parte da empresa, só desrespeito. Ao ser questionado pelo Sindicato pela falta de registro, o coordenador do centro Médico da Ford, disse que não houve registro por não reconhecer o ocorrido como acidente. Um absurdo que demonstra a falta de respeito com a saúde dos funcionários.
A entidade não aceita esse tipo de justificativa e cobra correção do fato, que precisa ser registrado como acidente de trabalho. O que fica para o chão de fábrica é que a Ford tenta esconder os acidentes. Isso não pode acontecer e a empresa precisa tomar uma atitude, ou o Sindicato vai tomar as medidas cabíveis.
LEGISLAÇÃO
Todo empregador tem obrigação de emitir a comunicação de acidente do trabalho (CAD) à Previdência Social até o primeiro dia útil seguinte ao da ocorrência de um acidente do trabalho ou de doença ocupacional e, em caso de morte, de imediato, sob pena de multa, emitindo uma cópia ao acidentado ou seus dependentes, e ao sindicato da categoria do trabalhador, conforme art. 22 da Lei nº 8213/1991.

0 comentários:

Postar um comentário

COMO POSTAR UMA DENÚNCIA?

1° ESCREVA SUA DENÚNCIA E CLIQUE POSTAR COMENTÁRIO
2° DEPOIS ESCREVA AS LETRAS DE VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS
3° FINALMENTE CLIQUE NOVAMENTE EM POSTAR COMENTÁRIO

Compartilhe em suas redes sociais

Twitter Orkut Facebook Digg Stumbleupon Favoritos Mais