terça-feira, 16 de abril de 2013

CTB: Venezuela reafirma opção pela soberania e o socialismo

A vitória de Nicolás Maduro no pleito presidencial da Venezuela, realizado no último domingo (14), é uma notícia alvissareira para a classe trabalhadora, os povos e as forças progressistas da América Latina. Traduz o sentimento majoritário da nação venezuelana contra o imperialismo e a burguesia neoliberal daquele país, que amarrou seus interesses aos do decadente império estadunidense. 


O resultado, reconhecido e saudado pela Unasul e pelos líderes progressistas de todo o mundo, tem uma extraordinária importância para o processo de integração econômica e política da América Latina. 

Conforme ressaltou o presidente da Bolívia, Evo Morales, a eleição de Maduro fortalece organismos regionais criados em contraposição ao projeto dos EUA para a região, como a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), hoje presidida por Cuba, a Alternativa Bolivariana para os Povos (Alba) e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

Trata-se, ainda, de uma vitória do socialismo, ideal maior da classe trabalhadora e bandeira levantada com força pelo ex-presidente Hugo Chávez, que a transformou no objetivo estratégico da revolução bolivariana. Em tempos de crise do capitalismo e esgotamento da ordem imperialista mundial, a derrota dos EUA e do neoliberalismo na Venezuela, reiterada no domingo, é motivo de júbilo para os povos e os movimentos sociais na América Latina e em todo o mundo.

São Paulo, 15 de abril de 2013

Wagner Gomes, presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário

COMO POSTAR UMA DENÚNCIA?

1° ESCREVA SUA DENÚNCIA E CLIQUE POSTAR COMENTÁRIO
2° DEPOIS ESCREVA AS LETRAS DE VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS
3° FINALMENTE CLIQUE NOVAMENTE EM POSTAR COMENTÁRIO

Compartilhe em suas redes sociais

Twitter Orkut Facebook Digg Stumbleupon Favoritos Mais